“Até a meia-calça era escolhida a dedo” diz Cynthia Benini sobre “jornal das perninhas”

0
(Foto: Divulgação/RedeTV)

O ‘Luciana By Night’ desta terça-feira (6) recebeu a jornalista Cynthia Benini. No bate-papo com a apresentadora Luciana Gimenez, ela fala sobre maternidade, relembra o início da carreira e a polêmica em torno de um telejornal que comandou no SBT, popularmente conhecido como “jornal das pernas”. “Eu e a Analice [Nicolau] apresentavamos o jornal de minissaia às vezes e as pessoas acharam aquilo absurdo”, comenta ela, que afirma que era necessário manter a boa aparência para seguir a linha do produto. “Era estipulado, a gente tinha um cronograma a seguir. Tinha [ que ir de saia] e até a meia-calça era escolhida a dedo. (…) os cabelos também eram demarcados, não era algo que a gente decidia aleatoriamente”.

Apaixonada por viajar e vivenciar diferentes culturas, a jornalista, que foi casada com o ator André Gonçalves, afirma não se importar com bens materiais e revela estar solteira no momento. “Desde que eu me separei, trabalhei muito, mergulhei no meu trabalho e em minha filha. Eu não tinha tempo para namorar”. E avisa: “Não estou namorando, mas sou super namoradeira. Adoro namorar por anos com a mesma pessoa, mas agora estou a fim de casar”. Ela também participa de uma brincadeira que revela as características que um pretendende pode ou não ter, alertando que não gosta dos ciumentos e que não tem problemas em se relacionar com homens mais novos.

Cynthia também revive alguns momentos de sua participação na segunda temporada de “Casa dos Artistas” e fala sobre o relacionamento com o pai de Valentina. “Eu já tinha feito uma novela com o André, mas não nos conhecemos nessa época. Quando fui fazer o reality o conheci e ele é uma pessoa encantandora. Ele é divertido, inteligente, mas somos diferentes. Foi um casamento que durou, foi bacana, tivemos a Valentina como fruto dessa união e ele continua sendo um excelente pai. Somos amigos”. A jornalista também afirma que não participaria novamente de um reality show. “Existe uma exposição muito grande. Eu adorei, como experiência foi incrível, mas realmente existe uma exposição muito grande e uma cobrança que você continue se expondo depois”, pondera.

Ainda no programa, ela defende que os jornalistas e formadores de opinião não sejam julgados por seus momentos de descontração. “De vez em quando é bom a gente chutar o pau da barraca, o ser humano precisa de uma válvula de escape”.

Você também pode gostar